sábado, 29 de janeiro de 2011

Only exception

Já nem sei que escrever e no entanto sinto necessidade…necessidade de escrever sobre ti, necessidade de escrever-te… mas já não sei que dizer porque as palavras escassam-se para dizer tudo o que senti e sinto por ti..
Eu sei que não tens culpa do que sinto e vou sentindo com as coisas que vais fazendo (não a mim) mas na minha história eras o meu herói porque é que agora te estas a tornar no vilão? Não percebo, não percebo cada sentimento que nutro por ti… Gostava de perceber, de ter uma resposta correcta e bem definida para tudo, mas infelizmente não tenho.
Dizem-me que a maneira de curar-se a dor de um amor é com outro, aprender a amar quem nos ama ou quem se está a apaixonar por nós. Se calhar se abrisse novamente as portas do meu coração e me ‘deixasse levar’…
Não vale a pena sentir esta angústia e tal como dissera vou-me deixar levar, o problema é que não olho para os outros como olho para ti…
O problema é que o meu coração não bate pelos outros como bate por ti… O problema é que aos meus olhos és como uma luz no meio da escuridão, irradias-me de sentimentos que jamais senti, o problema é que não consigo ser/estar feliz sem ti, esse é principal problema…
’you’re the only exception’’

2 comentários:

  1. adorei, e muito obrigada pelo comentário.
    é sempre bom saber que alguem aprecia a nossa escrita (:

    ResponderEliminar

Expressa-te ! ♥