sábado, 26 de fevereiro de 2011

Again

O teu nome brama em mim como outrora, e torna-se cada vez mais pronunciável.
O mundo inteiro está a tornar-se numa coleção de mágoa de que tu existes e que não te posso ter.

10 comentários:

  1. Que sentimental ;)
    Gostei!
    Não, tu é que és uma querida xDD
    Agradeço o teu comment
    Beijos

    P.S. Gosto da música do blog :p

    ResponderEliminar
  2. muito obrigada, mas os teus textos é que são lindos amor *-*

    ResponderEliminar
  3. Sim, isso eu sei. Já passei por isto uma vez e vou conseguir. Obrigado pela força.

    ResponderEliminar
  4. de nada, obrigada eu querida (':

    ResponderEliminar

Expressa-te ! ♥