domingo, 15 de maio de 2011

Nothing can change the death

Bem me recordo do dia, do dia em que me apercebi de que os milagres não existem, no dia em que tu desapareceste e tudo o que me restou foi uma grande dor, naquele dia esqueci tudo e todos, naquele dia parte de mim desmoronou e jamais se voltará a erguer.
Só queria fugir, só queria desaparecer, só queria morrer também, não imaginava a minha vida sem ti, não imaginava o resto da minha vida sem te voltar a ver.
Ao saber a notícia reinou em mim o maior sentimento de impotência que alguma vez senti, reinou em mim a angústia, reinou em mim a tristeza inacabável.
Começas a gaguejar, até se apoderar de ti a esperança de ser uma total mentira, a esperança é a única coisa que te resta. Aí esperas um milagre, um milagre que nunca aparece, aí que é quando mais precisas dele, é quando davas tudo para o ter, todavia ele não aparece.
Naquele momento pensas que já nem os amigos te valem, ou melhor, não pensas, perdes todos os sentidos, e a tua vida torna-se numa enorme questão.
O teu coração desfaz-se em mil pedaços, assim como o que restava de ti.
Não têm a mínima noção do que é saber que uma das pessoas que vos fez vir ao mundo, uma das pessoas que mais amavam está neste preciso momento num caixão, debaixo de terra, não têm noção do quão asfixiante que é, só quem passa é que sabe.
De repente, naquele momento senti muito frio, tremia incontrolavelmente, os dentes batiam e as lágrimas corriam pela cara a baixo, o meu coração congelou. É impossível descrever correctamente o que senti naquele momento. Nunca ninguém me disse que era fácil, mas também ninguém me disse que era tão difícil.
Ao explorar conversas antigas as lágrimas criam-se nos meus olhos e não as consigo conter por muito tempo. Com o passar do tempo a vontade de gritar aumenta, mas não vai mudar rigorosamente nada, a dor permanecerá.
Está quase a fazer um ano e ainda nem bem acredito, não acredito como a vida pode ser tão madrasta e tirar assim a vida a uma pessoa, como num momento temos tudo e no outro segundo já não temos nada e o nosso mundo rui, o nosso coração explode e a nossa alma eleva-se.
Não me imagino daqui a uns anos no dia do meu casamento, alguém me acompanhar até ao altar sem seres tu, não me imagino a mostrar fotos do avô aos meus filhos como sendo tu apenas uma memória, sim porque não estás cá.
Pergunto-me o que te passou pela cabeça naquela manhã, naquele momento, naquele segundo.
Há momentos em que não sei se o que aconteceu me está a fazer mais forte ou a matar-me, porque cada dia que passa a saudade aumenta, a dor não parece atenuar, e a chama na minha garganta inflama sendo quase impossível respirar.
Só te queria poder ver mais uma vez, poder-te tocar, abraçar, deixar-me tomar nos teus braços e neles permanecer mesmo que por segundos, queria poder-te dizer o quanto gosto de ti e o quanto preciso de ti, aqui ao meu lado, na minha vida.
Ás vezes olho para o telemóvel e penso em ligar-te, mas sei que não estarás lá…
O meu sonho estava a aproximar-se… Só faltavam dois meses, dois míseros meses, e do nada desapareceste…
Não há dia em que não chore, não há dia em que não grite por ti, não há dia em que não implore para acordar deste pesadelo, mas nada te trás de volta, e acabo por me sentir impotente, sem saber mais o que fazer.
Não tens noção do quão preciso de ti aqui ao meu lado.
No ar ficará a pergunta se algum dia me irás ver… Dizem que eles estão sempre connosco e que se orgulham de nós e eu gosto de acreditar nisso, mas a verdade é que não te consigo ver…Não te consigo ver…
Eu sinceramente não sei como consegui, eu sinceramente não sei como ainda hoje consigo conviver com a realidade de que foste e não voltas, não sei como consigo. Todos os dias quando acordo sinto aquela dor desmedida que me vai atormentando até me fazer expelir, todos os dias há um sorriso que nas minhas faces emerge, é quase como que uma luta que faço todos os dias, uma luta que se baseia em ser feliz.
A vida é a coisa mais frágil que existe, nunca sabemos quando termina, por isso sorri, aproveita-a enquanto podes, sim porque tu podes porque estás vivo e tens uma vida pela frente. Por quanto tempo? Incerto.

70 comentários:

  1. Obrigada fofinha.
    o texto está lindo, mas triste também :c

    ResponderEliminar
  2. gostei do texto. esta fantastico mas muito sentimental por isso triste a little bit. força*

    isso é bom sinal :b

    ResponderEliminar
  3. pois nao* força e n tens d q
    e o isso e bom sinal foi para oq m escreveste sobre a minha historia s: nao sobre isto*

    ResponderEliminar
  4. ah $: e q pensava q nao com a frase s: sorry

    ResponderEliminar
  5. muita força qe tens qe ter
    e acredito qe tens, es forte e ultrapassas tudo.
    ha qe aproveitar cada dia qe a vida nos da

    ResponderEliminar
  6. nao tens qe agradecer qerida
    ;D
    tudo de bom e força
    XD

    ResponderEliminar
  7. «Eu sinceramente não sei como consegui, eu sinceramente não sei como ainda hoje consigo conviver com a realidade de que foste e não voltas, não sei como consigo.» - Esta parte está sentimental, dura realidade. Mas eu percebo-te. Não resistes porque o que amaste não foi grande porque se não o fosse nem pensavas nisso. Nem nada te doía. Apenas consegues porque és mais forte do que o sentimento que sentes. Força minha linda!

    (Infelizmente duvido que tenha assim grande futuro)

    ResponderEliminar
  8. A escrita não trará futuro x:
    Percebo-te e estarei aqui sempre! *

    ResponderEliminar
  9. Pois, eu também não.
    E sinceramente, acho que fazemos muito bem :)

    ResponderEliminar
  10. não te vou dizer força, nem que tens de aguentar, nem que tens de seguir em frente porque isso tudo tu já sabes...
    contudo o que te posso dizer é se algum dia quiseres contar o quão bom e gentil e simpático ele era eu estarei lá para ouvir e para te abraçar de seguida
    podes acreditar ou não em deus não interessa mas tens de acreditar nas pessoas e que apesar de elas não te puderem dar o conforto e carinho que necessitas no momento, tens de acreditar que elas estão olhar por ti e por todos nós, tens de acreditar que elas não se foram embora para sempre mas que foram para um sítio muito longe, onde ficam a olhar e a zelar por nós todos os dias acreditando sempre em nós....

    ResponderEliminar
  11. Não basta escrever bem :x
    Muito obrigado *

    ResponderEliminar
  12. Paciência e alguém que pegue naquilo que eu escrevo *

    ResponderEliminar
  13. Li e voltei, a lêr e as lágrimas tiveram sempre a correr pelo meu rosto...
    A saudade nunca diminui, pelo contrário aumenta quando Amamos muito quem parte.
    Fizeste-me lembrar, aqueles que já partiram que eu tanto Amo e lembro todos os dias, e assim será até á minha partida.
    Estamos sempre contigo, com o AMOR de sempre. Bjs

    ResponderEliminar
  14. Perder alguém de quem gostamos e temos uma grande afinidade é uma experiência muito dolorosa e normalmente demora a ser superada (o tempo varia de pessoa para pessoa e da forma como cada pessoa encara a situação).
    E que somos abalados pelas recordações que temos da(s) pessoa(s) quando menos esperamos, tanto mais quando se aproximam datas ou acontecimentos que marcaram e/ou se relacionam com quem perdemos.
    Importa é pensarmos que enquanto estiveram connosco eles foram felizes e recordar os bons momentos que lhe lhes proporcionamos e quantas foram as vezes que rimos juntos ou lhe demos razões para ri, sorrir e sentir feliz!
    Pensa nisto e tenta sentir o alivio que é pensar que ele "se foi embora" de forma feliz!

    ResponderEliminar
  15. É gratificante saber isso, obrigado *

    ResponderEliminar
  16. fico contente por saber isso, continua com o teu blogge porque é lindo mesmo, beijos

    ResponderEliminar
  17. eu adoro os teus textos princesa * este texto está muito sentimental! estou aqui, sp @

    ResponderEliminar
  18. Tenho muito medo de perder certas pessoas :/

    ResponderEliminar
  19. Eu sou bem educado, por isso agradeço $:

    ResponderEliminar
  20. Não tens que agradecer, tontinha :')

    ResponderEliminar
  21. Ahah que querida (a)
    Não sou nada fofinho :o

    ResponderEliminar
  22. Este texto está muito bonito, e confesso-te que me emocionei ao lê-lo, porque me fizeste recordar de algumas pessoas muito importantes para mim que também já perdi, e sei muito bem que com o passar do tempo a dor não diminui.. e as saudades só têm tendência a aumentar. A verdade é que nao vamos agarrando a outras pessoas que continuam aqui do nosso lado, e apoiar-nos e a amar-nos, e é nelas que temos de ir buscar a força de seguir em frente.
    Não te digo para não chorares, para não ficares triste, porque sei que isso são coisas impossiveis para ti de fazer, mas tenta realmente pensar que ele continua a olhar por ti, e que se vai orgulhando da pessoa em que tu te vais tornando ao longo do caminho. Pensa nisso, pensa que apesar de tudo, ele continua a viver em ti. Dentro de ti.. porque esta é a forma de tornar a tua dor um bocadinho mais suportável.
    Força, querida *

    ResponderEliminar
  23. Está poderoso este texto.

    Muita força querida!

    ResponderEliminar
  24. temos os mesmos seguidores , querida :$

    ResponderEliminar
  25. obrigada amor lindo :)
    chama-se "someone like you - Adele"

    ResponderEliminar
  26. Que lindo o seu cantinhoo..
    adorei aqui!!

    estou seguindo..
    retribui??

    beijos
    http://pathyoliver.blogspot.com
    http://momentosdapathy.blogspot.com

    ResponderEliminar
  27. Realmente, não consigo de todo imaginar o que escreveste,mas correu-me uma lágrima ao pensar na sorte que tenho em ter todas aspessoas que mais amo comigo... Força!

    ResponderEliminar
  28. Gostei, apesar da mágoa e saudade por detrás do texto.
    Força (':

    ResponderEliminar
  29. Está lindo! não pelas melhores razões, mas está lindo!
    Nunca perdi ninguém, mas arrepiei-me a ler como se de mim se trata-se :/ muita força *

    ResponderEliminar
  30. Está mesmo bonito o texto querida e devias estar orgulhosa de ti mesma por teres conseguido encarar tudo isto e por viveres todos os dias mesmo sentindo a falta.
    Agora o melhor que tens a fazer é recordar todos os momentos e sentir-te realizada por os teres vivido (:

    Força querida*

    ResponderEliminar
  31. já somos duas então... desculpa responder tarde (:

    ResponderEliminar
  32. sem palavras *-*
    está lindo, lindo, lindo ^^
    chorei, sabes? :$
    uma das pessoas q me trouxe ao mundo só me desilude, só me traz magoa...mas no fundo amo-a, e n sei o q seria de mim sem ela. houve um dia q se tentou matar, e eu fiqei sem saber o q fazer...foi um momento bastante dificil...por isso sei um pouco da dor q sentes, e sei q é bastante dificil.
    a vida é bastante cruel e eu já aprendi essa lição mt bem :/
    qalqer coisa estou aqi princesa <3

    ResponderEliminar
  33. nana...é msm o teu :D
    acredito :\
    de nd meu bem (:

    ResponderEliminar
  34. *-*

    Tem selinho pra vc no meu blog..

    Beijos meus.
    Patrícia Oliveira

    http://momentosdapathy.blogspot.com/2011/05/100-seguidores.html

    ResponderEliminar

Expressa-te ! ♥